Querendo prazer

Padrão

Quantas luzes precisam acender

até você me enxergar?

Quantos sons eu tenho que fazer

pra você me escutar?

E se esses sons forem de gemer

será que assim vão te excitar?

Fazer você enfim me olhar

como mulher que quer prazer

O abraço -Quem é você que sinto perto? Quem é você que bate esperto? Quem é esse? Me admira… -Sou cavaleiro dentro do peito… Estou em busca daquele abraço. O abraço do encontro… Abraço pelo qual me encanto. Abraço que me desperta o sangue. -Em todo abraço encontro alguém Mas amo o abraço do encontro… Por esse também me encanto. -Pois é… este é o abraço que nos une, O que nos tira de nossas casas cinzentas. Esse é diferente, preenche a gente… Da vontade de permanecer abraçado Abraçado… abraçadinho… -O abraço de amizade também é legal. -Mas o abraço do encontro é fenomenal! Nesse abraço sinto a lua cheia… Sinto o mar calmo como um rio. Nesse abraço sinto o perfume da estação desejada… Nesse abraço sinto as flores e seus aromas. Seu apertar… o desejar permanecer abraçado… Seus efeitos e sintomas. -Se nosso dialogo está tão longo quer dizer que o abraço e na pessoa certa? -Bem todo mundo conta que sim, que é assim. -Gostei tanto de você ai do outro lado… Que bate nesse peito, todo descompassado. Gostaria muito de estar mais com você, passear com você. Sentir o sol tão cheio de vida… Olhar o rio tão cheio de lua. Sentir a brisa através destes peitos de carne que nos separa e nos une, Criando assim o vicio do abraço. -Quero seu pulsar perto, em silêncio… Para ao ouvi-lo, me adaptar. Para aí sim caminharmos no mesmo pulsar. Breno C. Ringuier De @bringuier_es #poesiaseafins #comunidadepoetica #poesiameio by poesiaseafins

Padrão

#prontofalei